A relação entre o significado e o significante na psicanálise de Lacan

Jacques Lacan foi um dos mais proeminentes psicanalistas franceses do século XX e desenvolveu uma teoria complexa e original da psicanálise. Para Lacan, o significado e o significante são conceitos-chave que permitem compreender a linguagem e a mente humana.

O significante é um termo técnico que Lacan usou para se referir ao som ou à imagem que representa um objeto ou conceito. Por exemplo, a palavra “mesa” é um significante que representa um objeto com uma superfície plana e pernas. O significado, por sua vez, é o conceito ou ideia que o significante representa. No exemplo anterior, o significado de “mesa” é o objeto físico que pode ser usado para apoiar objetos ou fazer refeições.

Para Lacan, o significante não é apenas um som ou imagem, mas também um objeto simbólico que adquire significado através das relações sociais e culturais que moldam nossa compreensão do mundo. Essas relações sociais e culturais, por sua vez, são influenciadas pela linguagem, que é a forma como as ideias e experiências são transmitidas entre as pessoas.

Lacan argumentou que a relação entre o significante e o significado é fundamental para a nossa compreensão da mente humana. Ele afirmou que os significados são construídos a partir dos significantes através de processos psicológicos inconscientes, como a projeção e a identificação. Esses processos permitem que as pessoas atribuam significado aos seus pensamentos e sentimentos, o que é crucial para a compreensão da mente humana.

No entanto, Lacan também enfatizou que a relação entre o significante e o significado não é fixa ou estática. Pelo contrário, ele argumentou que essa relação é dinâmica e em constante mudança. O significado de um significante pode mudar ao longo do tempo e variar de acordo com as experiências pessoais e as estruturas sociais e culturais que moldam nossa compreensão do mundo.

Em resumo, a teoria de Lacan sobre a relação entre o significado e o significante é fundamental para a compreensão da mente humana na psicanálise. Através dos significantes, as pessoas atribuem significado aos seus pensamentos e sentimentos, mas esse significado é influenciado pelas relações sociais e culturais que moldam nossa compreensão do mundo. A compreensão da relação dinâmica entre o significado e o significante é essencial para a compreensão da mente humana na psicanálise de Lacan.

Informações do autor:

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Mais publicações:

história, política e Brasil - PODCAST

História, Política e Brasil – K-Fi Podcast

O historiador e professor Gabriel Bom é formado pela USP, especialista em metodologia do Ensino de Filosofia e Sociologia e mestrando em História Social pela FFLCH-USP. Nesse podcast Gabriel fala um pouco sobre o desenvolvimento histórico da política no Brasil. Pega o seu café e vem conferir!

Continuar leitura...